quinta-feira, 20 de novembro de 2014

5 Vantagens de a sua empresa aderir à responsabilidade social

1 - O volume de negócios da empresa cresce
As empresas que seguem activamente estratégias de responsabilidade social não traçam apenas objectivos financeiros mas dão também ênfase às metas não-financeiras. E esta estratégia pode ser compensadora. Segundo a lista “Fortune 500”, elaborada pela revista Forbes e divulgada em Abril deste ano, as empresas que estão no topo deste ‘ranking’ conseguem ter um melhor resultado global ao unir o sucesso financeiro a uma boa estratégia de responsabilidade social. Estas empresas conseguiram assim aumentar o volume de negócios, mantendo os interesses da comunidade local na sua missão empresarial.

2. Aumenta o reconhecimento da marca

Quando as empresas se tornam mais activas em contribuir de forma positiva para a sociedade, o seu esforço torna-se reconhecido. Com o impacto cada vez mais forte que as redes sociais têm na imagem das marcas, ter uma imagem positiva junto dos consumidores é um factor crucial de sucesso. Desta forma, quanto mais uma empresa estiver envolvida socialmente com a comunidade, mais depressa os consumidores avaliam essa empresa de uma forma positiva. Ajudar causas, participar activamente na sustentabilidade ambiental e fazer um esforço para realizar acções de marketing impulsionadas por uma causa social são apenas alguns exemplos de estratégias que podem ser implementadas pela sua empresa e que têm o condão de estreitar os laços directos com a comunidade de consumidores.

3. As vendas aumentam e consegue-se conquistar mais clientes

Ter um bom produto ou um bom serviço já não é suficiente para conseguir atrair consumidores. De acordo com um estudo do Grupo Cone Communications e da Echo Research, publicado no ano passado, 90% dos consumidores inquiridos revelaram que são mais leais e capazes de confiar numa empresa socialmente responsável do que em empresas que não apresentam estas características. As empresas que não dão a conhecer a sua estratégia de responsabilidade social podem estar a perder consumidores.
Alguns estudos mostram ainda que existe uma relação directa entre o comportamento dos consumidores e as políticas de responsabilidade social das empresas. Segundo a consultora Do Well Do Good, 60% dos consumidores admitem adquirir um novo produto se a causa social que apoiassem fosse a mesma que a apoiada pela marca. Neste mesmo estudo, 38% dos inquiridos admitiu ser capaz de “castigar” uma marca se soubesse que ela era pouco participativa socialmente ou que fazia poucos donativos.

4. O respeito dos colaboradores da empresa aumenta

Não são só os consumidores que sentem o impacto de uma boa estratégia de responsabilidade social. Também os colaboradores de uma empresa que adoptem esta postura perante a sociedade reflectem os mesmos sentimentos. Se a empresa não adoptar as políticas necessárias para se tornar socialmente responsável e até pactuar com comportamentos pouco éticos, muitos colaboradores poderão não se sentir identificados com a empresa, o que poderá reflectir-se nos níveis de empenho e de produtividade dos colaboradores.

5. Isola a competição

Como já foi referido, a responsabilidade social tem uma correlação directa com a opinião pública e pode afectar a escolha do consumidor entre marcas que competem entre si. Com o activismo a ganhar terreno, seja ele positivo ou negativo, nas causas sociais são cada vez mais as empresas que tentam transmitir uma mudança positiva nas suas acções e com isso estar um passo à frente das suas concorrentes. É por isso importante que o processo de produção dos seus produtos ou serviços esteja eticamente certificado, de forma a não deixar que a sua concorrência aproveite uma falha sua para aumentar as vendas.

Fonte: Saldopositivo.cgd.pt



Sem comentários:

Publicar um comentário